Google reorganiza unidade de negócio de saúde

06-PATRICIA-CIRCULAR

Por Patrícia Silva, Gestora de Comunicação e Marketing na FABERNOVEL INNOVATE Lisboa

“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL.

Google reorganiza unidade de negócio de saúde

A Google está a reorganizar a sua unidade de negócio de saúde, reforçando o seu posicionamento através de uma maior integração entre as diferentes subsidiárias da empresa-mãe Alphabet (Verily, Calico, Nest, DeepMind e Google Fit).

Como parte da estratégia, a DeepMind Health (unidade do laboratório de IA DeepMind), vai passar a integrar a Google. Esta pode ser uma forma de acelerar o desenvolvimento da app de inteligência artificial para enfermeiros e médicos em que a DeepMind Health está a trabalhar.

Para liderar esta reorganização, a Google contratou David Feinberg. O ex-CEO da área de saúde da Geisinger vai reportar a Jeff Dean, que lidera a divisão de investigação em IA da Google, e vai trabalhar de perto com o CEO da Google, Sundar Pichai. Esta é mais uma confirmação de que a Google quer tornar-se incontornável na área da saúde e da importância que a Inteligência Artificial vai ter no futuro da saúde.

Waymo vai lançar serviço de ride-sharing com autoguiados

Ao que tudo indica, a Waymo vai começar a rentabilizar a sua tecnologia para automóveis autoguiados, através de um novo serviço de ride-sharing que deverá ser lançado em dezembro.

O lançamento vai permitir continuar a recolher dados, num contexto real, para melhorar, permanentemente, o software. Além disso, pode permitir à Waymo começar também a inovar na experiência nesta nova Era da mobilidade, ao nível da oferta de entretenimento, por exemplo.

Como é típico na estratégia dos GAFA, a Waymo vai começar por disponibilizar o serviço a uma base mais reduzida de utilizadores, para ganhar conhecimento e escalá-lo, posteriormente.

Este pode ser um grande avanço para a indústria de mobilidade autónoma, mas, sobretudo, para a Waymo, que pode posicionar-se à frente da concorrência.

Waymo
Evolução do número de milhas em viagens (Fonte: Waymo)

Alibaba bate novo recorde de vendas no Singles Day

A Alibaba bateu um novo recorde de vendas, este ano, no evento Singles Day (um evento de promoções semelhante à Black Friday na China): atingiu os 30,8 mil milhões de dólares, em 24 horas. Este foi um crescimento de 27% em relação ano passado.

Este ano ficou, particularmente, marcado pelo investimento no retalho físico e nas vendas internacionais. Pela primeira vez, as promoções do Singles Day estenderam-se aos supermercados RT-MartHema, em linha com a visão única do cliente da Alibaba, que cruza os canais de venda online e offline.

A plataforma de encomenda de refeições Ele.me e a de lifestyle Koubei passaram a estar incluídas no Singles Day. Além disso, a empresa está também a expandir o Singles Day internacionalmente: a Índia é um dos mercados mais importantes e através da plataforma de e-commerce Lazada, está a expandir a presença no Sudeste Asiático.


Netflix testa serviço de subscrição só para mobile

O Netflix está a testar um serviço de subscrição apenas para mobile (cerca de 4 dólares por mês) na Malásia. O serviço de streaming está a tentar criar uma oferta mais competitiva na Ásia, testando o mercado para, possivelmente, alargar a opção a mais países.

À medida que o consumo de conteúdos de entretenimento em mobile tem vindo a crescer em todo mundo, esta pode ser uma oportunidade para atrair novos subscritores e ser uma “porta de entrada” para uma subscrição completa do serviço.

O Netflix é um dos grandes responsáveis pelo crescimento do consumo de conteúdos no digital e o mobile ocupa uma percentagem significativa da utilização do seu serviço. A empresa tem vindo a desenvolver conteúdos num formato mais curto e com preview de conteúdos, optimizados para mobile, de forma a oferecer uma melhor experiência.


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
DUMITA – Baidu, Xiaomi, Tencent e Alibaba (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

TESLA: Uploading the Future
GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na Network Economy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Que tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL:

Tagged with: