MIT cria algoritmo que prevê cancro da mama

  • O MIT criou um algoritmo de inteligência artificial que prevê o aparecimento de cancro da mama, com uma antecedência de até cinco anos.
  • O diagnóstico é feito com base na análise a mamografias.


 

O MIT criou um algoritmo de inteligência artificial que prevê o aparecimento de cancro da mama, com uma antecedência de até cinco anos,  através da análise a mamografias.

O novo método foi criado com base na análise a 90 mil mamografias, de 60 mil pacientes do hospital americano Massachusetts General Hospital, e foi capaz de identificar padrões invisíveis ao olho humano.

Este método, apresentou um nível de precisão maior do que outros métodos tradicionais, tendo indicado que 31% dos pacientes que realizaram testes, estão na categoria de risco mais elevado.

Esta inovação permite um diagnóstico precoce, que pode ser decisivo para melhorar os resultados e que pode vir também a ser relevante na deteção de outras doenças numa fase inicial.


Se a transformação na indústria da saúde é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL: