Pode subscrever os canais de vídeo do Supertoast no:
YouTube | Apple Podcasts | Facebook | Instagram | LinkedIn | TikTok



  • A startup aeroespacial americana Orbital Assembly Corporation planeia abrir, em 2027, um hotel no Espaço. O Voyager Station será um resort de luxo, com capacidade para 280 hóspedes e um staff de 112 pessoas.
  • Com a forma de um anel, vai incluir um restaurante, um bar, uma sala de espetáculos, ginásio e cinema. 

A 2ª revolução espacial já começou e está a ser liderada por empreendedores da nova economia, como Elon Musk, Jeff Bezos e Richard Branson, que têm como objetivo tornar as viagens ao Espaço acessíveis a todos. Aproveitando esta nova Era das viagens espaciais, a startup aeroespacial americana Orbital Assembly Corporation planeia abrir um hotel no Espaço. 

O Voyager Station será um resort de luxo, com capacidade para 280 hóspedes e um staff de 112 pessoas. Com a forma de um anel, vai incluir um restaurante, um bar, uma sala de espetáculos, ginásio e cinema. 

Depois de descolar do nosso planeta, os hóspedes vão aterrar na área central do hotel e daqui vão ser transportados por elevadores até aos seus quartos.

 

O hotel foi inspirado no conceito de roda giratória e que tem como objetivo criar gravidade artificial, pela força centrífuga que é​ ​​produzida e que permite que os hóspedes se movimentem normalmente dentro do hotel. 

Inicialmente, a gravidade será semelhante à da Lua. Ou seja, cerca de um sexto da do planeta Terra. Mais tarde, o objetivo da Orbital Assembly é atingir a gravidade de Marte, até conseguir replicar a gravidade do nosso planeta. 

A construção deverá iniciar em 2025 e a inauguração está prevista para 2027.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

Acompanhe as últimas atualizações nos nossos media sociais:


Se a 2ª revolução espacial é importante para a sua empresa, contacte a FABERNOVEL: