DESTAQUES GAFANOMICS® [16/JUL/2018]

Gafanomics

06-PATRICIA-CIRCULAR

Por Patrícia Silva, Gestora de Comunicação e Marketing na FABERNOVEL INNOVATE Lisboa

“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL.

Facebook integra realidade aumentada nos anúncios

Facebook Michael Kors

O Facebook está a entrar no negócio de publicidade com realidade aumentada integrada. A empresa lançou uma nova funcionalidade, no feed de notícias, que permite aos utilizadores “experimentar” óculos de sol, maquiagem ou perceber como fica mobília num determinado espaço, através da câmara do smartphone.

Ao permitir “experimentar” produtos antes de os adquirir – e adquiri-los diretamente através do anúncio, o Facebook cria mais um argumento para atrair as marcas para sua plataforma e impulsionar o negócio de publicidade.

A Michael Kors foi a primeira empresa a disponibilizar esta experiência no Facebook, mas mais marcas vão começar a fazê-lo, incluindo a Sephora, a NYX Professional Makeup, a Bobbi Brown, a Pottery Barn e a Wayfair.

Tesla vai abrir fábrica na China

Tesla Fremont

A Tesla fechou um acordo com Xangai para a construção de uma fábrica na China – a primeira da Tesla fora dos Estados Unidos. O objetivo é que, nesta fábrica, sejam produzidos 500 mil automóveis por ano, um grande “salto” relativamente aos quase 15 mil Teslas vendidos na China no ano passado.

Este é um passo muito importante para a Tesla, sobretudo para o alargamento da sua capacidade de produção e expansão global. A China é o maior mercado do mundo de veículos elétricos e pode representar uma enorme oportunidade de crescimento para a empresa.

Desta forma, Elon Musk evita os impostos sobre importações de automóveis fabricados nos EUA (os preços dos Teslas subiram na China após as taxas retaliatórias que o país impôs aos bens americanos), reduz custos de envio e, potencialmente, de fornecimento de componentes.

YouTube investe em conteúdos noticiosos

YouTube

O YouTube está a posicionar-se como um dos principais destinos de consumo de conteúdos noticiosos, online e em vídeo. Vai investir 25 milhões de dólares para apoiar os media na produção de conteúdos em que vai juntar alguns publishers.

O YouTube está a seguir a mesma estratégia de amigo/inimigo dos media do Facebook: apoia estas empresas para atrair os conteúdos que produzem para a sua plataforma, mas, ao mesmo tempo, posiciona-se como uma ameaça, conquistando quota em publicidade.

Apple junta equipas de inteligência artificial

Tim Cook WWDC 2018

A Apple juntou duas equipas dedicadas a tecnologia de inteligência artificial: a da assistente virtual Siri e a de machine learning. A nova divisão vai ser liderada por John Giannandrea, ex-líder da unidade de inteligência artificial da Google e que, ao tudo indica, participou também no projeto da Google de desenvolvimento de carros autoguiados.

A inteligência artificial é fundamental para o futuro da Apple. A consolidação de esforços pode ser um prenúncio de que a empresa quer “acelerar” os progressos dos seus produtos e serviços que têm a inteligência artificial como tecnologia core, incluindo a interação por voz e os carros autoguiados.

Tim Cook, CEO da Apple, já admitiu que os carros autoguiados estão no topo dos projetos de inteligência artificial e que a empresa está focada no desenvolvimento de software para estes automóveis.

 


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
DUMITA – Baidu, Xiaomi, Tencent e Alibaba (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

TESLA: Uploading the Future
GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na NetworkEconomy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Que tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

”]

 

 

Tagged with: