DESTAQUES GAFANOMICS® [23/JUL/2018]

06-PATRICIA-CIRCULAR

Por Patrícia Silva, Gestora de Comunicação e Marketing na FABERNOVEL INNOVATE Lisboa

“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL.

Google multada pela Comissão Europeia

Android

A Comissão Europeia (CE) aplicou uma coima, de 4,34 mil milhões de euros, à Google por abuso de domínio do sistema operativo Android. Segundo a CE, a Google forçou fabricantes de smartphones Android (Samsung, Huawei, etc) a pré-instalar os seus serviços. Esta é a multa mais pesada de sempre aplicada a uma empresa.

Ao que tudo indica, a Google utilizou o Android para fortalecer o seu domínio na pesquisa, bloqueando a concessão de licenças da loja de aplicações Google Play se não fossem pré-instalados o Chrome e a sua app de Search.

A Google terá pago aos fabricantes para que fosse feita a pré-instação exclusiva da sua app de Search e evitou que vendessem dispositivos com versões alternativas do Android não aprovadas pela Google.

Com esta multa, a CE está a mostrar que não está disposta a permitir o aproveitamento de uma posição dominante por parte dos principais players tecnológicos.

Netflix vai entrar no negócio de rádio

Netflix SiriusXM

O Netflix vai entrar no negócio de rádio, através de uma parceria com a rádio por satélite americana SiriusXM. A empresa vai lançar, no início do próximo ano, um canal de rádio humorístico, chamado Netflix Is a Joke.

O canal vai incluir conteúdos do catálogo de programas de stand-up comedy do Netflix, onde participam humoristas reconhecidos a nível mundial, e está prevista também a produção de conteúdos originais.

O Netflix está a tentar diversificar o seu negócio para continuar a impulsionar o seu crescimento, à medida que vai ficando ‘cercada’ pela ameaça de empresas como a Disney, Amazon, Apple e Google. Pela primeira vez desde 2017, o Netflix falhou a estimativa de crescimento do número de utilizadores no 2º trimestre deste ano.

Amazon distribui novos conteúdos no Twitch

Amazon Twitch

A Amazon está a utilizar o Twitch, o seu serviço de streaming de vídeo focado na transmissão de videojogos, para a distribuição de outro tipo de conteúdos.

O The Washington Post (detido pelo CEO da Amazon, Jeff Bezos) vai passar a ter um canal na plataforma, dedicado à cobertura de notícias em direto e entrevistas a políticos enquanto jogam videojogos.

Desta forma, o Post pode atrair os 15 milhões de utilizadores diários do Twitch e a uma audiência jovem (55% dos utilizadores tem entre 18-34 anos). Cada utilizador passa, em média, 95 minutos por dia a ver jogos na plataforma.

A Amazon está a tentar atrair novas audiências, ao alargar o leque de conteúdos do Twitch, e pode vir a impulsionar o negócio de publicidade, através dos vídeos no Twitch.

Projeto Loon da Google passa a empresa

Loon

A Google continua a excubar negócios do seu laboratório de projetos disruptivos – Google X. O Loon, que utiliza uma rede de balões para o fornecimento de Internet a zonas remotas do planeta, vai tornar-se uma empresa independente, sob alçada da Alphabet (empresa-mãe da Google).

O anúncio indica que o Loon vai passar a ter um papel mais relevante em projetos concretos, incluindo uma parceria com os operadores de telecomunicações do Quénia para conectar à Internet as partes rurais do país.

A Loon é uma empresa chave na estratégia de crescimento da Google. No próximo ano, metade da população mundial deverá ter acesso à Internet. Os esforços da Google podem ajudar a difundi-la entre os utilizadores nestas regiões, promovendo uma fidelização à marca e a captação de receitas em publicidade e serviços.


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
DUMITA – Baidu, Xiaomi, Tencent e Alibaba (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

TESLA: Uploading the Future
GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na NetworkEconomy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Que tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL INNOVATE:

”]

Tagged with: