SpaceX vai revolucionar as telecomunicações?

06-PATRICIA-CIRCULAR

Por Patrícia Silva, Gestora de Comunicação e Marketing na FABERNOVEL INNOVATE Lisboa

“Destaques GAFAnomics®” é uma compilação dos artigos mais importantes partilhados internamente pela equipa da FABERNOVEL.

SpaceX vai revolucionar as telecomunicações?

A SpaceX prepara-se para revolucionar a infraestrutura de telecomunicações a nível mundial, através de uma constelação de satélites para o fornecimento de Internet com uma latência muito baixa. A empresa pode vir a consegui-lo  com apenas 1/3 dos 4425 satélites que planeia colocar na órbita baixa da Terra.

Esta constelação de satélites pode vir a tornar-se um negócio altamente rentável para a SpaceX. Através do projeto Starlink, a empresa pode oferecer uma vantagem competitiva às empresas, incluindo bancos e instituições financeiras que fazem um elevado investimento em redes privadas para aumentar a rapidez das comunicações.

Ao que tudo indica, os satélites da SpaceX vão ser capazes de baixar a latência das comunicações a um nível que nenhuma rede de fibra ótica terrestre, para comunicações em distâncias maiores do que 3.000 quilómetros, é capaz.

Assistente virtual da Baidu não pára de crescer

A assistente virtual da Baidu, DuerOS, está em rápido crescimento na China. A base de dispositivos em que está integrada cresceu de 100 para 150 milhões, desde agosto, e tem mais de 35 milhões de utilizadores ativos por mês.

A Baidu está a seguir a mesma estratégia da Amazon com a assistente virtual Alexa. A empresa está a tornar a DuerOS omnipresente, promovendo a integração no maior número de produtos (colunas inteligentes, frigoríficos, automóveis, máquinas de lavar, etc.) e em diferentes indústrias (mobilidade, hotelaria…).

Ao permitir a interação com a sua assistente virtual nos espaços em que os utilizadores passam mais tempo, a Baidu cria uma alavanca aos seus serviços e aumenta a probabilidade de se tornar a DuerOS a assistente virtual favorita dos utilizadores.

Facebook abriu lojas pop-up

O Facebook abriu lojas pop-up numa loja da Macy’s nos Estados Unidos, que vão ter à venda os produtos de 100 marcas populares no Instagram e Facebook. As marcas vão captar 100% das receitas (nem o Facebook, nem a Macy’s retiram comissão).

Os expositores das lojas são inspirados na News Feed de forma a promover uma experiência que se assemelha a fazer compras no Facebook.

O Facebook está a criar uma nova oportunidade de negócio para as marcas, aplicando offline a mesma abordagem que segue online: oferece um serviço gratuito para atrair utilizadores e marcas e, assim, impulsionar o seu negócio de publicidade.

Esta é também uma forma de começar a testar uma entrada no retalho offline. A empresa tem vindo a lançar produtos de hardware (Oculus, Facebook Portal…) que pode começar a vender diretamente através deste tipo de loja.

Tesla anuncia nova presidente

Robyn Denholm vai substituir Elon Musk na presidência do conselho de administração da Tesla. Musk foi forçado a abandonar o cargo depois de ter feito um tweet com informação relevante para o mercado (ainda estava aberto a transações) sem que o regulador do mercado norte-americano (SEC) tivesse sido informado previamente.

Atualmente, Robyn Denholm ocupava o cargo de CFO da Telstra, uma das maiores operadoras de telecomunicações da Austrália, e faz parte do board da Tesla há quatro anos. Mais uma vez, a Tesla parece “contrariar” os investidores e analistas, que ansiavam que fosse nomeado um outsider. Elon Musk deu publicamente através de um tweet as  boas-vindas à nova presidente.

musk-twitter

Para além de ter acordado que os cargos de CEO e presidente não vão ser desempenhados pela mesma pessoa, por pelo menos 3 anos, a Tesla vai, agora, definir dois novos diretores independentes e introduzir melhorias na comunicação externa.


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
DUMITA – Baidu, Xiaomi, Tencent e Alibaba (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

TESLA: Uploading the Future
GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na Network Economy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Que tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL:

Tagged with: