Skip links

Substack: o futuro dos media e dos bloggers?

  • Através da Substack, qualquer produtor de conteúdos pode criar newsletters e podcasts e gerar receitas através de subscrições pagas.
  • O serviço dá acesso a um backoffice que permite a gestão do site e das newsletters e integra também um sistema de pagamentos.

Começar um negócio de media está a tornar-se mais fácil do que nunca. A Substack, uma startup americana, permite a qualquer produtor de conteúdos criar newsletters e podcasts e assim gerar receitas através de subscrições pagas.

Os jornalistas, bloggers e podcasters que utilizam o serviço têm acesso a um backoffice único que permite a gestão do site e newsletters, ou seja, funciona como um 2 em 1 de ferramentas digitais que substitui, por exemplo, o Mailchimp e o WordPress.

Outra das vantagens é o facto de integrar o serviço de pagamentos Stripe, para receber diretamente as receitas na conta bancária.

A plataforma permite também aos utilizadores simular vários cenários para perceber quanto é que podem gerar com as subscrições e a Substack fica com uma comissão de 10%.

As publicações criadas através da plataforma já atingiram um total de mais de 50 mil subscritores pagantes.

Desde que foi fundada em 2017, em São Francisco nos Estados Unidos, a startup já captou mais de 17 milhões de dólares e tem como principais investidores os fundos de investimento Andreessen Horowitz (a16z) e da Y Combinator.

Leave a comment

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.