• Através dos óculos de realidade aumentada da Ghost Pacer, os atletas conseguem ver ao longo de toda a corrida um atleta virtual em 3D que corre ao ritmo pretendido.
  • Desta forma, sabem em qualquer parte do percurso se estão ou não a ultrapassar-se na meta definida.


Há quem diga que a melhor forma de evoluir é competindo contra si próprio e no exercício físico não é exceção. Esta foi uma das motivações que levou a Ghost Pacer a criar uma uma aplicação e uns óculos de realidade aumentada para ajudar quem gosta de correr a melhorar a performance, competindo consigo próprio. 

Se isto parece confuso, há uma explicação. Através da aplicação desta startup americana, os atletas começam por escolher o percurso que querem fazer e o ritmo de corrida que têm como meta. Por exemplo, replicar o melhor tempo ou definir um novo objetivo.  

Depois disso, com os óculos de realidade aumentada conseguem ver ao longo de toda a corrida um atleta virtual em 3D que corre ao ritmo pretendido. Desta forma, sabem em qualquer parte do percurso se estão ou não a ultrapassar-se na meta definida.

A aplicação permite também partilhar e aceder aos tempos de corrida da restante comunidade. Uma das possibilidades é competir com amigos em tempo real ou a qualquer altura, mesmo não estando fisicamente no mesmo local. 

A Ghost Pacer integra com smartwatches e aplicações de atividade física como a Strava.