Amazon vai lançar satélites para fornecer internet

Por Nuno Ribeiro, Country Manager da FABERNOVEL Portugal

Destaques GAFAnomics®, as notícias mais relevantes das empresas que lideram a nova economia, partilhadas pela equipa da FABERNOVEL.

Amazon vai lançar satélites para fornecer internet

A Amazon vai lançar para o Espaço uma constelação com mais de 3 mil satélites para o fornecimento de internet.

O objetivo é conseguir fornecer internet em locais onde o acesso é mais dificil ou inexistente, em breve todo o planeta estará conectado.

O projeto chama-se Kuiper e é muito provável que venham a ser utilizados os foguetões da Blue Origin, a empresa de exploração espacial de Jeff Bezos, para fazer estes lançamentos.

O Espaço é uma nova área de negócio para os GAFA e, no caso particular do fornecimento de internet, várias empresas estão nesta corrida, incluindo a SpaceX, de Elon Musk, o Facebook, a Google e a OneWeb, que é financiada pela gigante japonesa Softbank.

Empresa de drones da Google recebe aprovação para entregas

A Wing, a empresa de drones da Alphabet, recebeu aprovação para lançar um serviço de distribuição de encomendas, em Camberra, na Austrália, que terá parcerias com negócios locais.

A Wing estima que as entregas por drones possam representar entre 30 a 40 milhões de dólares australianos para as empresas da região e que, em 2030, os drones vão fazer 25% das entregas.

Apple ultrapassa Spotify nos EUA

A Apple Music ultrapassou, pela primeira vez, o Spotify em número de subscritores pagantes, nos Estados Unidos, onde ultrapassou os 28 milhões de subscritores pagantes.

A nível mundial, o Spotify continua a ter uma base maior de subscritores pagantes, mas à medida que a Apple fortalece a sua oferta de serviços de TV, jogos e informação é provável que mais utilizadores adiram ao seu ecossistema.

Apple Music VS Spotify: Número de subscritores pagantes em todo o mundo

Fliggy permite comprar online produtos duty-free

A Fliggy, a plataforma de viagens online do grupo Alibaba, lançou o Fliggy Buy, um serviço que permite aos utilizadores chineses comprar online produtos em lojas duty-free e de retalhistas internacionais, antes de viajar.

O objetivo é que os clientes possam adquirir os produtos online e recolhê-los, mais tarde, quando chegam a um destino internacional.

Desta forma, a Fliggy cria uma plataforma de e-commerce que gera valor para os utilizadores e para os comerciantes, que podem rentabilizar o crescente número de turistas chineses (em 2018 fizeram 140 milhões de viagens para o estrangeiro).

 


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
BATX – Baidu, Alibaba, Tencent e Xiaomi (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

WeChat: The shape of the connected China
TESLA: Uploading the Future

GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na Network Economy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Que tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL:

Author avatar
Nuno Ribeiro
Portugal General Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Foi diretor da unidade de negócio multimédia do grupo Global Media (2008 a 2012), diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008) e consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002). Em paralelo com a atividade profissional foi docente, coordenador de programas executivos e pós-graduações nas Universidades: Católica-Lisbon, Europeia, ISEG e Lusófona (2001 a 2016). Colaborou com artigos de opinião e comentador, sobre temas de inovação, transformação digital e nova economia nos media: Visão, Diário de Notícias, Meios & Publicidade e Económico TV. 
Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). É licenciado em Economia pela Católica-Lisbon, onde também concluiu o curso avançado Gestão de empresas tecnológicas e uma pós-graduação em Media e Entretenimento.
We use cookies to give you the best experience.