Bem-vindo à clínica do futuro

supertoast-profile A Forward reinventou a experiência nos cuidados de saúde com uma clínica, ao estilo Apple Store, que vai melhorando o serviço prestado através de inteligência artificial e objetos conectados.

supertoast-profile O modelo de negócio assenta na Medicina Concierge: os pacientes pagam uma mensalidade e têm acesso ilimitado a todo o staff médico e tecnologias da empresa.


A experiência dos pacientes na área dos cuidados de saúde está a ser reinventada por startups que aplicam a metodologia Lean Startup: o consultório médico é um “protótipo” que vai melhorando o serviço que presta, à medida que vai recolhendo mais dados sobre cada paciente. A Forward, fundada por ex-colaboradores da Google (Adrian Aoun) e da Uber (Ilya Abyzov), está no centro desta “revolução”, pois concebeu uma clínica altamente tecnológica, com semelhanças a uma Apple Store, no aspeto e ambiente.

O modelo de negócio da startup assenta na Medicina Concierge: os pacientes pagam uma mensalidade (149 dólares) e têm acesso ilimitado a todo o staff médico e tecnologias da empresa (triagem, exames ao sangue e genéticos, aconselhamento de nutrição e bem-estar, monitorização contínua dos dados captados pelos wearables da clínica, apoio e acesso, 24 horas por dia, ao sistema de inteligência artificial e staff médico, através de uma App).

A equipa conta com ex-membros da Google, Uber, Facebook (Aaliya Yaqub, médico da Forward e ex-colaborador do Facebook Health Center) e Palantir. Entre os investidores incluiu-se a Khosla Ventures, o Founders Fund (no qual participa Peter Thiel), Eric Schmidt (ex-CEO da Google) e Marc Benioff (CEO da Salesforce).

forward

Experiência de utilização

  • Quando os pacientes chegam fazem sign-in num iPad, no balcão de atendimento;
  • Através de um body scanner são recolhidos dados biométricos (altura, peso e temperatura). Os sensores projectam um mapa térmico do corpo do paciente para medir o batimento cardíaco e os níveis de oxigénio no sangue;
  • Os dados são enviados para o sistema da Forward e para a App, onde podem ser visualizados pelos pacientes, e são, posteriormente, analisados pelo médico na sala de exames;
  • Num ecrã touchscreen são projetados os resultados. Tudo o que é dito pelo paciente ao médico está a ser gravado, através de um software de reconhecimento de voz, e a ser adicionado à ficha clínica, em tempo real (com a ajuda de técnicos que estão a ouvir tudo o que é dito);
  • O sistema de inteligência artificial faz sugestões de diagnóstico e de planos de tratamento;
  • Através da App, os pacientes recebem um resumo da visita e podem ver, a qualquer momento, os resultados do laboratório, marcar consultas ou enviar mensagens ao médico (recebendo resposta no espaço de um minuto).

saladeexames_forward

A clínica da Forward pretende eliminar outros, eventuais, constrangimentos dos seus membros. Os frascos de urina, por exemplo, são colocados num compartimento na parede e encaminhados para o departamento de enfermagem.

compartimento_forward

User-centric e regra do cliente grátis

Além de uma experiência user-centric, a Forward ofereceu o programa de subscrição a 15% dos seus primeiros clientes, vindos de comunidades carenciadas; e, durante o primeiro mês de subscrição, os seus membros não pagam pelos medicamentos subscritos.

A empresa planeia também vender, com desconto, diferentes produtos – wearables, vitaminas, suplementos e produtos para a pele -, o que sugere a criação de algumas parcerias com outras marcas; e também vir a oferecer serviços de medicina alternativa, como Acupunctura.