Voltar ao topo

Tesla é o fabricante automóvel mais valioso do mundo

Por Nuno Ribeiro, Portugal General Manager da FABERNOVEL

Destaques GAFAnomics®, as notícias mais relevantes das empresas que lideram a nova economia, partilhadas pela equipa da FABERNOVEL.

Subscreva o nosso podcast em:
Apple Podcasts | Spotify | Google Podcasts | TuneIn

Tesla é o fabricante automóvel mais valioso do mundo

A Tesla fez a esperada ultrapassagem a grande velocidade à Toyota e tornou-se o fabricante automóvel mais valioso do mundo, depois de atingir uma capitalização bolsista de 205 mil milhões de dólares.

Este crescimento foi, em parte, justificado pelo facto de a Tesla ter superado todas as expectativas de produção e de venda de carros no segundo trimestre deste ano. Apesar dos atrasos na produção, vendeu 90.650 carros no segundo trimestre de 2020.

Criar uma empresa e, em particular, uma empresa inovadora que vem desafiar gigantes instalados, tem um elevado risco, mas a Tesla está realmente a conseguir transformar a indústria automóvel e da energia.

 

Uber compra Postmates

A Uber comprou a empresa americana de entrega de refeições Postmates, por 2,6 mil milhões de dólares.

A UberEats conquista, assim, território no mercado americano. Recorde-se que a Postmates é a quarta maior empresa de entrega de refeições nos Estados Unidos, com uma quota de mercado de 8%.

Esta compra confirma a tendência de consolidação do mercado de entrega de refeições, em que os principais players nos EUA são a UberEats, a DoorDash e a empresa europeia Just Eat Takeaway que recentemente adquiriu a Grubhub.

Google compra fabricante de óculos inteligentes

A Google comprou a North, uma empresa canadiana que desenvolve óculos inteligentes com realidade aumentada. O valor da compra não foi divulgado.

Os óculos inteligentes da North têm boa qualidade de imagem e um design atrativo, sendo muito semelhantes a óculos convencionais.

Recordo que a Google, desde 2013, já comercializa óculos de realidade aumentada, os Google Glass, que já vão na segunda edição e estão muito focados nas necessidades das empresas.

Esta compra da North pode indiciar a possível entrada no mercado de consumo a curto prazo.

Pode ver aqui algumas aplicações práticas e o potencial da tecnologia de realidade aumentada dos Google Glass num vídeo produzido pela FABERNOVEL, em 2014, no estádio de futebol Allianz Riviera, em Nice (França).

Airbnb lança novas experiências online

A Airbnb está a mostrar que também o turismo pode ser remoto, através do lançamento de um marketplace de experiências online.

Esta nova oferta inclui desde experiências de culinária com chefs de renome mundial, meditação com monge budista japonês ou aulas de tango. Todas as experiências estão disponíveis através da plataforma de videoconferências Zoom.

Com o impacto no setor do turismo provocado pela pandemia, esta proposta da Airbnb é uma forma de manter a relação com os seus clientes em todo o mundo.


GAFAnomics® [ga-fɑː-nom-iks], substantivo: Novo modelo económico em rede, inspirado pelos GAFA – Google, Apple, Facebook e Amazon – que integra Unicórnios (startups com valorização acima de mil milhões de dólares), gigantes chineses de tecnologia e todas as empresas que mudam as nossas vidas através da tecnologia e inovação.

Outros acrónimos de empresas que seguem estratégias GAFAnomics®:
NATU – Netflix, AirBnB, Tesla e UBER
BATX – Baidu, Alibaba, Tencent e Xiaomi (os GAFA chineses).

Durma descansado, os GAFA estão a trabalhar… possivelmente para transformar (disromper) a sua indústria.

ESTUDOS GAFAnomics®:

The We Company: is real estate a disruptable industry?
Slack, the future workplace
WeChat: The shape of the connected China
TESLA: Uploading the Future

GAFAnomics: Nova Economia, Novas Regras
GAFAnomics: 4 super poderes, na Network Economy
UBER: O vírus dos transportes
Amazon: O império escondido
Facebook: A startup perfeita
LinkedIn:  A rede séria

Quer tornar a sua empresa numa empresa GAFAnomics® ?
Contacte a FABERNOVEL:

Author avatar
Nuno Ribeiro
Country Manager da agência de inovação FABERNOVEL. Autor do livro Gerir na Era Digital (2011). Licenciado em Economia pela Universidade Católica de Lisboa, onde também concluiu um curso avançado de Gestão de Empresas Tecnológicas e uma pós-graduação em Gestão de Media e Entretenimento. Diretor a unidade Negócio Multimédia do grupo Controlinveste (2008 a 2012). Diretor da unidade de negócios de Internet do grupo Cofina Media (1999 a 2008). Consultor do secretário de Estado da Comunicação Social para a área digital (1997 a 2002).
We use cookies to give you the best experience.