E de repente as nossas casas transformam-se no nosso escrit√≥rio, no abrigo seguro para responder a esta guerra ‚Äúanti-Corona‚ÄĚ.

Em meados de fevereiro, numa call com o meu colega Patrice Nordey da Fabernovel em Xangai, ele relatava-me o isolamento da equipa em suas casas. Parecia estar longe da nossa realidade…

J√° no final de fevereiro, numa outra call com as minhas colegas Rachel e Emilie, regressadas ao escrit√≥rio, sublinhavam a import√Ęncia de utilizar m√°scara o dia todo e relatavam que, na entrada do edif√≠cio, era obrigat√≥rio medir a temperatura. Parecia que a rapidez de atua√ß√£o da China poderia garantir a normalidade do ocidente.

Na semana passada, esta realidade come√ßou a aproximar-se com algumas reuni√Ķes transportadas para o mundo virtual. E nesta semana, j√° toda a nossa equipa e os nossos clientes e parceiros est√£o na maioria a trabalhar em casa.

E quando estamos fisicamente distantes, eis que nos tornamos mais √≠ntimos! Entramos em casa uns dos outros, vemos e ouvimos as crian√ßas ūüĎ∂ a brincar, c√£es ūüź∂ impacientes para ir √† rua, o som da televis√£o ūüďļ ou r√°dio ūüL† em pano de fundo. Situa√ß√Ķes como a que aconteceu ao Professor Robert Kelly, durante uma entrevista √† BBC, agora podem acontecer a qualquer um e certamente que ningu√©m se vai chatear por levar as crian√ßas para o trabalho.

O que √© importante neste momento √© garantir que o ‚Äúeixo de rota√ß√£o da Terra‚ÄĚ ūüĆć n√£o se altere… com as plataformas digitais a assumirem o papel de ‚Äúb√≥ias salva-vidas‚Äú e vale tudo: Zoom, Hangouts, Slack, Teams, Docs‚Ķ e claro o ‚Äúvelhinho‚ÄĚ email.

E com os nossos familiares e amigos nas plataformas do costume: WhatsApp, FaceTime, Facebook, Instagram, etc. Consegue imaginar se isto acontecesse nos anos 70 ou 80?

E enquanto a tecnologia nos mant√©m ligados, profissionais de sa√ļde de todo o mundo salvam vidas, cientistas e engenheiros entraram numa corrida contra o tempo para conseguir encontrar uma vacina.

Se j√° consider√°vamos que a sa√ļde era um territ√≥rio de todos, agora‚Ķ nesta corrida, para al√©m das empresas farmac√™uticas, est√£o tamb√©m empresas tecnol√≥gicas como a Google, por exemplo.

E esta nova guerra foi uma surpresa? Nem por isso, foi antecipada em 2015 por Bill Gates no TED, onde explicou que a pr√≥xima guerra n√£o seria uma guerra militar, mas sim com v√≠rusūü¶† que provocariam uma epidemia.

Bill tentou sensibilizar todos quando disse: ‚ÄúSe come√ßarmos a trabalhar hoje (2015), podemos estar prontos para a pr√≥xima epidemia‚ÄĚ. Infelizmente, n√£o nos prepar√°mos.

Bill Gates é um filantropo. Aliás, hoje, é mesmo só filantropo porque ao perceber que a nova guerra tinha chegado, não perdeu tempo e, para sorte de todos nós, na sexta-feira, dia 13, deixou os cargos que ocupava na administração da Microsoft e da Berkshire Hathaway (de Warren Buffett) e passou a estar em full-time na fundação Bill & Melinda Gates, certamente focado no combate ao coronavírus.

#FiquemEmCasa que n√≥s (FABERNOVEL) tamb√©m j√°¬†estamos a trabalhar remotamente, mas sabemos que para muitos √© uma novidade, pelo menos com dura√ß√£o imprevista. Por isso, cri√°mos um chatbot com o qual pode conversar [ūüí¨conversar agora], em ingl√™s ou franc√™s, para avaliar se est√° preparado para o modelo de teletrabalho.

Na Era Digital, j√° n√£o se coloca a quest√£o de permitir, ou n√£o, o flex-office e o teletrabalho, mas de como faz√™-lo¬†de uma forma que proteja os colaboradores e que n√£o interfira com o desempenho das organiza√ß√Ķes.¬†Neste estudo, ajudamos a entender como √© que a sua empresa pode gerir esta transi√ß√£o.

Com os ciclos de inova√ß√£o cada vez mais curtos, outro desafio para as empresas √© manter as suas compet√™ncias-chave atualizadas em tempo real. Esta dimens√£o estrat√©gica do ‚Äúplaneamento dos recursos humanos‚ÄĚ n√£o pode assentar apenas no recrutamento, pois os colaboradores devem estar, permanentemente, num processo de aprendizagem. No estudo The future of Corporate Learning, exploramos este novo desafio.


Se considera relevante a apresentação destes estudos na sua empresa, contacte a FABERNOVEL: