SuperToast

The Big Ones

As empresas que lideram a nova economia já não são apenas nativas digitais! À Apple, Alphabet, Amazon e Meta, que criaram as infraestruturas que aceleraram a Uber, Airbnb, Tesla e Netflix, juntam-se agora ao clube dos inovadores, grandes empresas como a Disney, a Nike, a Visa…

InovaçãoThe Big Ones

Microsoft: Bing para iPad

A aplicação do Bing para iPad distingue-se pela integração directa de conteúdos na aplicação: Metereologia, Notícias, Mapas, Filmes, Tendências (top de pesquisas por dia, com um histórico de seis dias), cotações de bolsa (com possibilidade de personalização de títulos/empresas que pretende seguir), histórico das pesquisas e integração web com o agregador de lojas Bing Shopping. Veja as imagens
LíderesThe Big Ones

Google: Larry Page assume o lugar de CEO

Já tinha sido anunciado em Janeiro, que o co-fundador do Google, Larry Page assumiria em Abril o lugar de CEO do Google, substituindo Eirc Schmidt (que passou a Chairman). O mercado e os analistas têm algumas dúvidas sobre se Larry Page tem as capacidades de liderança para enfrentar os desafios atuais e futuros do Google. Anteontem, o canal de televisão Bloomberg fez um especial sobre o Google e Ken Auletta (autor do livro Googled: The End of the World as We Know It), comentou esta nova fase e desafios do Google. Veja o video:
InovaçãoThe Big Ones

X-Men: First Class

A saga X-Men, continua... a estreia de X-Men:First Class está agendada para 3 de Junho nos Estados Unidos. Na "Primeira Classe", Professor Xavier (Charles Xavier) e Magneto (Erik Lehnserr), eram dois jovens que descobriam os seus poderes de mutantes e em conjunto tentam impedir a guerra nuclear. A história promete muita ficção, animação e claro muitos efeitos especiais. Veja o trailer de apresentação
InovaçãoThe Big Ones

Nokia e Microsoft anunciam parceria

O CEO da Nokia, Stephen Elop, descreveu a o cenário em que a Nokia se encontra como uma "Plataforma em chamas". Hoje, Stephen Elop saltou da "plataforma em chamas" para o "Mar Microsoft". O mercado penalizou as acções da Nokia em -12% e a Microsoft abriu a deslizar -0,4% Acha que esta parceria da Nokia e Microsoft pode ameaçar a Apple e o Google? Participe na votação e veja o video de apresentação.
InovaçãoThe Big Ones

Apple: Steve Jobs mantêm salário anual de 1 dólar…

Tim Cook (COO) e Steve Jobs (CEO) da Apple A Apple divulgou a remuneração dos seus quadros principais. Tim Cook, COO da Apple foi quem teve a maior remuneração, com mais de 59 milhões de dólares no ano fiscal de 2010 (que terminou em Setembro). A avaliar pela evolução da remuneração do Tim Cook, tudo indica que a Apple anunciará resultados anuais históricos (e as acções não páram de subir...). Steve Jobs, fundador e CEO mantêm desde 1997 o salário de apenas 1 dólar por ano e sem mais nenhuma compensação... para além da Apple Steve Jobs, é também administrador da Disney (desde que vendeu a PIXAR), onde recebe também 1 dólar por ano. Steve Jobs detém 5,5 milhões de acções da Apple desde 1997 o mesmo acontece na Disney onde é o maior accionista individual com 138 milhões de acções. Ambas as empresas tiveram excelentes performances na cotação em bolsa excelentes nos últimos anos. Mas, Steve Jobs não vendeu nenhuma das suas acções. A questão que se coloca é: Como é que Steve Jobs consegue viver com 2 dólares ano? :-) A Apple, apesar de diversas pressões de vários accionistas pela enorme liquidez que tem neste momento (cerca de 75 mil milhões de dólares em activos de curto e médio prazo), não distribui dividendos. Esperemos que o CFO da Apple, esteja a aplicar parte deste dinheiro a comprar títulos de dívida do Estado Português :-) Mas, a Disney distribuiu anualmente dividendos. No ano passado o dividendo foi de 0,35 dólares por acção, o que representou para Steve Jobs 48,3 milhões de dólares e é certamente com este rendimento que Steve Jobs pode fazer as compras de supermercado :-) Este ano, a Disney já informou os accionistas que vai pagar no próximo dia 18 o dividendo que vai aumentar para 0,4 dólares por acção, ou seja, Steve Jobs vai receber este ano 55,2 milhões de dólares na próxima semana :-) É prática corrente em algumas empresas que os administradores tenham remunerações simbólicas como forma de demonstrarem que a sua preocupação é com a valorização da empresa que dirigem. Por exemplo, Os fundadores do Google também mantêm um salário de 1 dólar por ano.
InovaçãoThe Big Ones

2010: Evolução em bolsa dos 6 titãs

2010 foi um ano com muitas novidades e inovações tecnológicas. O mercado bolsista reflete como consumidores e investidores sentiram o pulsar das empresas. Vale a pena analisar a evolução dos últimos 12 meses das cotações dos grandes titãs que traçam os caminhos nas plataformas digitais : Apple, Google, Microsoft, Nokia, Sony e Amazon.com A Apple foi destas a que mais se destacou com uma valorização de + 53,07% e a Nokia a que mais perdeu com uma desvalorização de - 19,69%. Assim, o raking destas seis empresas fica ordenado da seguinte forma:
LíderesThe Big Ones

Steve Jobs e Bill Gates

Bill Gates (fundador da Microsoft) e Steve Jobs (fundador da Apple), são duas personalidades que marcaram definitivamente a Era Digital que hoje vivemos. Não só pela forma visionária como perceberam o impacto e potencial das alterações sociais mas também pelo "cunho pessoal" que as suas organizações colocaram nesta nova Era. Vale a pena recordar dois eventos em que ambos se cruzam:
InovaçãoThe Big Ones

Mobile Display: Quotas de mercado nos Estados Unidos

O mercado de publicidade nas plataformas móveis estão em grande crescimento. Nos Estados Unidos o mercado de display mobile (banners em sites e aplicações para plataformas móveis), vale cerca de 390 milhões de dólares. As estimativas para 2011 apontam para 1,9 mil milhões de dólares de publicidade nas plataformas móveis (display e search). Google (19%) e Apple (18,8%), são os maiores players deste mercado. A Millennial Media, detida por cinco fundos de investimento ocupa a terceira posição (15,4%). Está debaixo de olho dos gigantes (Google, Apple, Microsoft, Nokia e Yahoo!) e vai seguramente ser adquirida nos próximos meses... só falta adivinhar por quem?
LíderesThe Big Ones

Steve Jobs, Mark Zuckerberg e Eric Schmidt os mais amados pelos empregados

O site Glassdoor.com fez um inquérito nas empresas de tecnologia: Apple, Microsoft, Google, Yahoo! e Facebook para avaliar a popularidade dos CEO´s junto dos seus funcionários. No resultado ficou claro que Steve Jobs, Mark Zuckerberg e Eric Schmidt são os mais amados pelos empregados das respectivas empresas. Carol Bartz e Steve Ballmer são os menos amados.
LíderesThe Big Ones

Sergey Brin e Larry Page: Game Changers – Bloomberg

Mais um programa "Game Changers" (Criadores de Mudança) do canal Bloomberg, dedicado a empreendedores da Tecnologia/Internet. Desta vez, os protagonistas do documentário foram os fundadores do Google: Sergey Brin e Larry Page. O documentário descreve como o sonho de Larry Page de "fazer download da Web" alterou a forma como hoje utilizamos a Internet. Foram revelados detalhes (até agora secretos), da história do Google: - Steve Jobs -fundador e CEO da Apple, foi a primeira escolha para CEO do Google. - Jeff Bezos - fundador e CEO da Amazon, foi um dos investidores iniciais (Business Angel) do Google com um investimento de 250 mil dólares
InovaçãoThe Big Ones

Microsoft: Resultados do trimestre com crescimento de 51% nos lucros

A Microsoft (NASDAQ: MSFT) apresentou os resultados do último trimestre (primeiro do ano fiscal de 2011). As receitas cresceram 25% (face ao mesmo período homólogo) atingindo o valor de 16,2 mil milhões de dólares, a margem operacional líquida aumentou em mais 51% para o valor de 5,41 mil milhões de dólares e os ganhos por acção mais 55% para os 0,62 dólares (todos os indicadores acima das expectativas dos analistas). Steve Ballmer - CEO da Microsoft - tem motivos para festejar e adorar a Microsoft.
LíderesThe Big Ones

Steve Jobs: Game Changers – Bloomberg

Na passada quinta-feira, o programa "Game Changers" do canal Bloomberg foi dedicado ao fundador e CEO da Apple - Steve Jobs. Neste documentário de 48 minutos, constam entrevistas com amigos, colegas e ex-colegas de trabalho onde se incluem: co-fundador da Apple Steve Wozniak , o ex-CEO da Apple, John Scully, o jornalista e actual investidor (venture capitalist) Michael Moritz, CEO da DreamWorks Jeffrey Katzenberg, ex-Apple "Mac Evangelista" e investidor, Guy Kawasaki e Robert Cringely, jornalista de tecnologia e ex-funcionário da Apple. Steve Jobs recusou-se a participar no programa, mas há diversos excertos de entrevistas e intervenções públicas e apresentações realizadas ao longo dos últimos 30 anos. É impossível, separar a vida de Steve Jobs da Apple, NeXT e Pixar. Neste excelente documentário, são revelados alguns dos segredos da gestão, do estilo de liderança e criatividade e que foram os ingredientes que levaram o mudar o mundo e as indústrias da tecnologia, cinema de animação, música e telefones. Hoje, a Apple é a maior empresa de tecnologia do mundo e a segunda maior do mundo. Frase a reter: Os loucos que pensam que podem mudar o mundo, são os que de facto mudam o mundo.
InovaçãoThe Big Ones

Bing e Facebook: pesquisa mais social

Os 5% que a Microsoft detêm no Facebook, são talvez a aposta mais estratégica nos últimos tempos. Hoje, a Microsoft e Facebook anunciaram uma parceria que cruza os resultados de pesquisa do Bing com a correspondência de perfis (pessoais e de empresas), no Facebook permitindo adicionar facilmente como amigo aos contactos e aos conteúdos com o Gosto/Like. Esta integração, vai certamente ajudar o Bing a ganhar quota de mercado e o Facebook a valorizar a tão esperada oferta pública de venda (IPO), "prometida" para 2012. Veja o video com a explicação desta integração:
InovaçãoThe Big Ones

Microsoft comprou (secretamente) 15 empresas

Na semana passada, divulgámos o gráfico do Business Insider das fusões e aquisições, de alguns "gigantes". Neste gráfico o Google está no topo da lista, com 23 aquisições e a Microsoft com 0. Questionado/"picado", por John Cook do site TechFlash - Marc Brown - director do desenvolvimento corporativo da Microsoft, referiu que: Over the past 12 months, Microsoft has been very focused on smaller acquisitions, feature functionality that we can add to our current product set. We've done roughly 15 acquisitions over that period of time. The purchase prices have been in the up to $75 million range, and typically it will be 20 to 30 people who haven't yet begun to add the marketing muscle and haven't started to look internationally in terms of distribution and we find great people and great technology in that set of companies. Muitas das aquisições, são iniciadas com pré-acordos e/ou entradas de capital com opção de compra. Desta forma, é possível garantir melhores avaliações das empresas a adquirir, melhores processos de integração após a aquisição, gerir as expectativas dos investidores e movimentos de aquisição de resposta dos concorrentes. Por isso, os números divulgados são sempre " a ponta do iceberg"... e o zero da Microsoft afinal, é igual a 15 :-) o que lhe dá o segundo lugar no ranking.
InovaçãoThe Big Ones

Microsoft “namora” Automattic?

Os ultilizadores da plataforma de blogs da Microsoft - Windows Live Spaces - passarão a utilizar a plataforma de blogs da empresa Automattic - Wordpress.com.A plataforma Wordpress.com é das mais populares (é a que é utilizada pelo Cibertransistor.com). A única dúvida que neste momento paira no ar, é se é este anúncio é a conquista do cliente Microsoft pela Automattic ou se é um "namoro com casamento à vista" , ou seja, se em breve a Microsoft vai anunciar a compra da Automattic? Na semana passada, o site Business Insider fez uma análise às 100 melhores startups, e a Automattic está na posição 63 deste ranking com uma avaliação de cerca de 200 milhões de dólares. Nos últimos anos, a Automattic teve diversas propostas e interessados na sua aquisição... para a Microsoft, a Automattic seria uma excelente aquisição seja pela comunidade, pela possibilidade de integrar com o motor de busca Bing, com a plataforma de publicidade, serviços, etc. Aguardemos pelos próximos desenvolvimentos...
InovaçãoThe Big Ones

Apple: Em breve a maior empresa do mundo

A Apple (NASDAQ: AAPL) é neste momento a segunda maior empresa do mundo. Em primeiro lugar, está a petrolífera Exxon Mobil (NYSE:XOM) que tem neste momento uma capitalização bolsista de 314 mil milhões de dólares. Uma diferença de 47 mil milhões de dólares face à Apple que está valorizada em 267,05 mil milhões de dólares. A capitalização da Exxon Mobil depende sobretudo do preço do petróleo, que tudo indica continuará nos próximos meses a oscilar entre os 70 e 80 dólares, e da sua capacidade produtiva. No caso da Apple, as perspectivas de valorização são muito fortes, os equipamentos que fabrica (como o iPhone, iPad, iPod, Mac,...) e os serviços (iTunes, iAd e MobileMe), estão com elevada procura o que é um indicador que pode reflectir-se nos resultados dos próximos trimestres e que se vão traduzir em potencial valorização das suas acções. Esta semana, a cotação da Apple fechou nos 292,32 dólares (chegando a atingir os 293,46 dólares). Ou seja, se a Apple valorizar cerca de 17,7% pode ultrapassar a Exxon Mobil (caso esta se mantenha com a cotação estável). Acredito que a Apple ultrapasse a capitalização bolsista da Exxon Mobil até final deste ano.
InovaçãoThe Big Ones

Apple: cotação em valor máximo

A cotação das acções da Apple atingiram hoje o valor máximo de 276,57 USD, colocando o valor de mercado/capitalização bolsista da Apple em 252 mil milhões de dólares. A pré-abertura de mercado para amanhã, apresenta uma valorização de 0,46% % .A Apple valorizou 52% nos últimos 12 meses, uma valorização que poucas empresas conseguiram (no contexto de crise macroeconómica que vivemos).
InovaçãoIOTMediaThe Big Ones

Apple: Apresentação da nova Apple TV, novo iPad Mini e novos iPod Touch a 7 de Setembro

Nos últimos dias os rumores sobre os próximos lançamentos da Apple têm aumentado, e a cotação das acções (NASDAQ:AAPL), desceram cerca de 5,19% nos últimos 6 dias. Ontem, depois de ter iniciado a sessão a descer para os 238,45 dólares (o valor mais baixo desde Abril) , recuperaram à medida que foi ganhando credibilidade que no dia 7 de Setembro a Apple irá apresentar novos produtos. Steve Jobs prometeu quando apresentou iPad em Janeiro, que este seria um ano com muitos produtos, e até agora já lançou: Ipad, iPhone 4, novos Mac e Magic Trackpad. No software, a actualização do sistema operativo iOS e um novo serviço que marca a entrada no mercado da publicidade com o iAd (que estou certo não será apenas para a área mobile...).
1 28 29 30 31